Quinta-feira, 27 de Julho de 2017

Buscar  
Brasil

Publicada em 15/07/17 as 07:55h - 52 visualizações
Atualizado em 15.07.17 as 08:20hs CBF não vê irregularidade em escalação de Douglas, do Vasco, no Brasileiro
Denúncia poderia ser feita com base em suposta irregularidade do contrato do jogador - na época no Cruz-Maltino - no Boletim Informativo Diário da CBF

Abaré Esporte

Link da Notícia:

www.abareesporte.com  (Foto: Abaré Esporte)
torcida do Vasco deve ter ficado aflita na noite desta sexta-feira. Depois de estar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva por causa da briga de torcida contra o Corinthians, pelo "telefone sem fio" e futuramente pela confusão no clássico com o Flamengo, o time poderia perder até seis pontos Brasileiro. De acordo com reportagem do site UOL, o clube poderia ser denunciado por conta de uma suposta irregularidade na escalação do volante Douglas contra o Fluminense.
Ouvida pela reportagem do GloboEsporte.com, a CBF afirmou que Douglas esteve o tempo inteiro regularizado. De acordo com a entidade, o que vale para um jogador estar apto para disputar uma partida é se ele está regularizado no BID. No dia 27 de maio, data da partida, o jogador estava - segundo o BID - com o contrato antigo em vigor, portanto, atuou de maneira regular.
Rescisão e novo contrato de Douglas pelo Vasco foram publicados no mesmo dia (Foto: Reprodução) Rescisão e novo contrato de Douglas pelo Vasco foram publicados no mesmo dia (Foto: Reprodução)
Rescisão e novo contrato de Douglas pelo Vasco foram publicados no mesmo dia (Foto: Reprodução)
O Vasco também afirma que Douglas estava regular e, por isso, não teme uma possível punição por parte do Superior Tribunal de Justiça Desportiva.
A reportagem também ouviu alguns especialistas em direito esportivo. Para dois deles, Douglas não está irregular já que a atualização foi feita depois da partida, quando havia sido publicado no BID o novo contrato e que seria um erro primário por parte do corpo jurídico vascaíno. Um, inclusive, diz acreditar que se houver algum erro no registro, é mais provável que seja da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio). Um terceiro advogado diz acreditar que o Vasco pode ter problemas em um eventual julgamento sobre o caso.
Entenda o caso:
Antes de acertar com o Manchester City, no dia 11 de julho, Douglas rescindiu seu contrato com o Vasco em 24 de junho e assinou um novo vínculo no dia seguinte, com multa rescisória e vínculo maiores que o contrato anterior, e entrou em campo contra o Tricolor no dia 27. Porém, as duas atualizações só foram publicados no Boletim Informativo Diário da CBF (BID) no dia 30, conforme é possível ver na imagem acima.
Rescisão e novo contrato de Douglas pelo Vasco foram publicados no mesmo dia (Foto: Reprodução)
Fonte: GE



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

87996804820

Hora Certa
Estatísticas
Visitas: 1026876 Usuários Online: 13
Bate Papo

Digite seu NOME:


Parceiros


















Copyright (c) 2017 - Abaré Esporte - Todos os direitos reservados